Servidora denuncia que prefeitura de PTN desconta consignado, mas não faz repasse ao banco

Foto: divulgação

DO PTN NEWS

Servidores do Município de Presidente Tancredo Neves que possuem empréstimos consignados estão correndo o risco de ter seus nomes incluídos no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Uma servidora que pediu para não ter o nome divulgado, procurou a redação do PTNNEWS para contar que, há dois meses, o Município tem feito normalmente os descontos do empréstimo em sua folha de pagamento, porém, o valor não estaria sendo repassado à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil, bancos que concederam os créditos.

“Já recebi duas notificações de inadimplência, mas os valores foram descontados no meu contracheque. O Município retém o dinheiro e não repassa para a Caixa e ao BB. Fiz contato com a agência do Santo Antônio de Jesus e aqui na cidade e, disseram estar sem previsão de receber o repasse”, denunciou a servidora. “A Caixa não está cobrando juros, fiquei sabendo que fizeram um acordo com o Município. Mas isso pode trazer prejuízo para o servidor, que vai acabar tendo o nome inscrito no Serasa”, completou.

                                                        

A situação não é nova, em 05 de Março de 2013, teve uma situação parecida, na ocasião teve a denúncia feita por Filogno Mascarenhas e publicada no site Bocão News, Relembre a matéria

O espaço está aberto para que a prefeitura municipal de Presidente Tancredo Neves possa se manifestar, entramos em contato com a Caixa, já a mesma não confirmou se está havendo os repasses por parte do Município, mas esclareceu que a responsabilidade de desconto dos valores das prestações debitadas em folha é exclusiva do órgão convenente (no caso, o Município). “Quanto às possíveis negativações ou cobranças de clientes, a Caixa adota imediatamente as devidas providências para que isso não ocorra”, informa a nota padrão do banco público quando se trata deste assunto.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas