Governo lança na TV campanha “Coragem para Reformar”

Governo lança na TV campanha "Coragem para Reformar"

O governo Michel Temer vai levar ao ar, nesta sexta-feira à noite, um filme de trinta segundos dizendo que “o Brasil precisa de reformas, que não podem esperar”. A campanha publicitária, intitulada “Coragem para Reformar”, faz parte da estratégia do Palácio do Planalto para criar uma imagem de otimismo na virada do ano, abafando a crise política e econômica. A peça a ser exibida nesta sexta mostra várias mãos hasteando a Bandeira do Brasil sob um céu azul. Diante deste cenário, uma voz em off afirma que “o governo federal tem a coragem de fazer o que outros governos não fizeram, tomando medidas que resolvem graves problemas, criando empregos e oportunidades e devolvendo a confiança”. Neste fim de ano, porém, o mercado de trabalho voltou a se deteriorar. O trimestre encerrado em novembro revelou um contingente recorde de 12,1 milhões de desempregados. A taxa de desocupação atingiu 11,9%, a mais alta da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, o principal levantamento de emprego do IBGE. A propaganda diz, ainda, que “o mundo já reconhece que investir no Brasil voltou a ser um bom negócio”, embora muitos empresários estrangeiros ainda esperem a melhora da economia e o fim das incertezas políticas para manter aplicações no Brasil. Em balanço do ano, nesta quinta-feira, o presidente Michel Temer assegurou que seu governo será “reformista” e destacou a necessidade de mudanças tributárias e políticas, além da mexida na Previdência. Temer afirmou entender a “angústia do desemprego”, mas disse que o País vencerá a crise em 2017, saindo da recessão. O presidente encaixou a palavra “coragem” em vários discursos, neste mês, antecipando a nova estratégia de comunicação. A ideia de Temer foi fazer uma espécie de “prestação de contas” de sua gestão desde 31 de agosto, quando assumiu definitivamente o governo, com o impeachment de Dilma Rousseff. “120 dias com coragem para fazer as reformas que o Brasil precisa”, diz o título de um balanço da administração, postado no site do governo (www. brasil.gov.br), na tentativa de criar uma agenda positiva.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas