Anticoncepcional masculino apresenta resultados positivos em testes com macacos

Testes realizados em macacos apresentaram resultados positivos para um contraceptivo masculino injetável. Com efeito potencialmente reversível, o produto bloqueia o fluxo de esperma, o que evita a necessidade de vasectomia. Cientistas norte-americanos, responsáveis pelo desenvolvimento do Vasalgel, esperam que os testes em humanos sejam realizados nos próximos anos.

 

Injetados nos tubos que conduzem o esperma ao pênis, o gel atua como uma barreira física. “Os machos tratados não tiveram nenhuma concepção desde as injeções de Vasalgel”, afirmaram os cientistas sobre os 16 animais adultos tratados. Os macacos vivem ao ar livre com fêmeas de fertilidade comprovada e foram monitorados por até dois anos.

 

De acordo com cientistas, a taxa de gestação das fêmeas gira em torno de 80%. O estudo aponta ainda que o gel apresentou poucos efeitos colaterais: um dos macacos registrou um acúmulo no canal deferente, chamado ogranuloma espermático. A complicação é comum em cerca de 60% das vasectomias em humanos. A reversibilidade do método foi testada apenas em coelhos até o momento, com resultados positivos.


MUNDO: Cientistas recebem autorização para tentar ressurreição de humanos

Se você é fã de livros, filmes ou seriados de fantasia ou de terror, por exemplo, já está acostumado com a ideia de uma pessoa morta retornar ao mundo dos vivos. Mas, na vida real, a história é diferente e não há nenhuma comprovação ou registro científico de alguém que tenha morrido e voltado a viver.
Na Índia, os médicos do Hospital Anupam, que fica na cidade de Rudrapur, e cientistas das organizações Bioquark e Revita Life Sciences querem ser os pioneiros em trazer mortos de volta à vida. Já autorizados pelo Institutional Review Board, órgão internacional que regula e aprova testes em humanos, os testes para tentar ressuscitar humanos começarão em breve. Mas é importante pontuar o tipo de ressurreição que está em jogo nestes testes.
Os médicos e pesquisadores não abrirão caixões ou geladeiras de necrotérios e gritarão: “levanta-te e anda!”. A ideia dos cientistas é reverter a morte cerebral já confirmada por exames clínicos e eletroencefalograma de 20 pacientes. “Estamos muito animados com a aprovação do nosso protocolo.
Com a convergência de disciplinas de biologia regenerativa, neurociência e ressuscitação clínica, estamos prontos para mergulhar numa área do conhecimento científico que era inacessível com as tecnologias atuais”, disse Ira Pastor, diretor-executivo da organização Bioquark. A morte cerebral é considerada o ponto final da vida.
Ainda que o corpo de uma pessoa que tenha sofrido morte cerebral possa executar diversas funções vitais, como circulação sanguínea, digestão de alimentos e, até mesmo, gestação de um feto, o dano cerebral é irreversível e representa a perda da consciência do ser humano.
Portanto, depois de constatada a morte cerebral, a pessoa passa a viver no que ficou popularmente conhecido como estado vegetativo. Caso seja bem-sucedido, o experimento indiano abriria uma porta para a reversão da morte cerebral e, consequentemente, o retorno da consciência e da vida.
“Vamos alcançar compreensões únicas sobre o estado da morte cerebral humana. Isso nos ajudará a desenvolver terapias para desordens de consciência severas, como o coma, o estado vegetativo e outras tantas doenças degenerativas, como Parkinson e Alzheimer”, explicou Sergei Paylian, fundador da Bioquark. Ainda de acordo com Paylian, os primeiros resultados devem ser divulgados a partir de abril de 2017.

Papa Francisco admite que ‘há corrupção’ no Vaticano, em colóquio com religiosos

O Papa Francisco admitiu que no Vaticano “há corrupção”, mas que ele vive “em paz”, ao responder algumas perguntas dos superiores das ordens e congregações de religiosos cuja transcrição será publicada pela revista “Civiltà Católica” em seu próximo número. O papa Francisco falou também do uso do cilício, instrumento que causa dor ou incômodo, sem rejeitar seu uso.
“Quando entrei no noviciado dos jesuítas, me deram o cilício. Tudo bem o cilício, mas atenção: não tem que me ajudar a demonstrar que sou bom e forte. A verdadeira ascese tem que me tornar mais livre”, disse. Nesta reunião com os religiosos do dia 25 de novembro, Francisco explicou que nas congregações gerais prévias ao conclave “se falava de reformas”. “Todos as queriam. Há corrupção no Vaticano. Mas eu vivo em paz”, admitiu.
 “Não tomo tranquilizantes”, brincou Francisco, que afirmou que em “Buenos Aires era mais ansioso”, mas que, após ser eleito papa, sentiu uma paz interior que ainda lhe acompanha. Quando há um problema, relatou, escreve uma mensagem em um papel e o coloca sob a estátua de São José que tem em seu quarto. “Agora ele (São José) dorme sob um colchão de mensagens de papel. Por isto eu durmo bem. Durmo seis horas e rezo (…) Esta paz é um presente do Senhor”, afirmou.

Após confirmação de morte cerebral de Marisa Letícia, família autoriza doação de órgãos

Ex-primeira-dama sofreu um AVC e estava internada desde o dia 24 de janeiro.
A ex-primeira-dama e mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dona Marisa Letícia Lula da Silva, 66, teve morte cerebral nesta quinta-feira (2) em razão de complicações causadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico. Ela estava internada em estado grave no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde 24 de janeiro, mas o quadro acabou se agravando na tarde desta quarta (1º), com a redução da atividade cerebral. Na terça (31), em razão de uma considerável melhora apresentada pela ex-primeira-dama, os médicos chegaram a retirar os sedativos que a mantinham em coma induzido, mas ela não teria reagido bem, voltando a ser sedada. Além do filho de seu primeiro casamento, Marcos, adotado por Lula, Marisa deixa os filhos Fábio, Sandro, Luís Cláudio, a enteada Lurian (filha do ex-presidente com uma ex-namorada), e o marido, Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois foram casados por 43 anos.

MPF quer apuração de escassez de Benzetacil no país

MPF quer apuração de escassez de Benzetacil no país

O Ministério Público Federal (MPF) quer uma apuração nacional sobre a escassez de penicilina benzatina, mais conhecida como Benzetacil. Segundo o jornal O Globo, o Núcleo de Direitos do Cidadão da 2ª Região solicitou à Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) o acompanhamento de medidas em adoção pelo Legislativo e Executivo com relação ao fornecimento do antibiótico. A apuração foi iniciada após denúncia feita em Vila Velha, no Espírito Santo, e observou a ausência de medicamento em outros estados. Em documento à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o MPF creditou o problema ao encerramento das atividades da principal fornecedora de matéria-prima usada na produção. Já o Conselho Federal de Farmácia (CFF) aponta a insuficiência da produção no país como causa, além da falta de interesse da indústria local e inexistência de regulação que garanta a produção. “Por ser um problema nacional, e buscando garantir o direito constitucional à saúde, a situação deve ser acompanhada não apenas em um estado, mas nacionalmente”, afirmou o procurador regional da República Newton Penna, relator do pedido de transferência da apuração para Brasília.


Eike Batista tem prisão decretada na Operação Lava Jato

Eike Batista tem prisão decretada na Operação Lava Jato

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira nova fase da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro. Entre os alvos de mandado de prisão está o empresário Eike Batista, que não foi encontrado em casa pelos policiais. Imagens ao vivo exibidas pela TV no início da manhã mostraram policiais e carros da PF na casa de Eike, na zona sul do Rio de Janeiro. Segundo o advogado dele, Eike está viajando e vai se entregar às autoridades. A Polícia Federal, com apoio da Receita Federal, deflagaram nesta quarta-feira a Operação Eficiência, que é um desdobramento da Operação Calicute, que prendeu o governador Sérgio Cabral em novembro do ano passado. Cerca de 80 policiais federais cumprem nove mandados de prisão preventiva, quatro de condução coercitiva e 22 de busca e apreensão. A Polícia Federal investiga crime de lavagem de dinheiro, que envolve cerca de 100 milhões de dólares no exterior. Parte desse valor já foi repatriado. Também são investigados crimes de corrupção ativa e passiva, além de organização criminosa. (Veja)


Aeronáutica vê desorientação espacial de piloto em queda de avião

Aeronáutica vê desorientação espacial de piloto em queda de avião

Análise preliminar do áudio da cabine do avião que caiu com o ministro Teori Zavascki (Supremo Tribunal Federal) indica que houve uma desorientação espacial do piloto, segundo técnicos da Aeronáutica que investigam o caso. A conclusão final dependerá ainda de uma perícia técnica do avião, um King Air C90, sobretudo em seus dois motores. Mas, diante dos indícios coletados até o momento, a desorientação do piloto Osmar Rodrigues é a única hipótese em discussão para explicar a causa do acidente na última quinta (19), de acordo com a apuração conduzida pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). A desorientação ocorre, por exemplo, quando o piloto perde a noção do espaço do avião em relação ao solo. Um relatório preliminar deve ficar pronto nos próximos dias. As investigações apontam que a aeronave voava com um teto de 150 a 200 pés (45 a 60 metros de altitude) pouco antes da queda, ou seja, estava muito próxima do mar em Paraty (RJ). Nas palavras de um técnico do Cenipa, o piloto “ciscava” em busca de uma brecha que facilitasse o pouso no aeródromo da cidade.

Sem a ajuda de um copiloto e focado em buscar um caminho para aterrissar, o piloto teria perdido a noção de que estava tão perto da água. Sem essa referência visual, ao fazer uma curva, tocou com a asa da aeronave na água, capotando em seguida -além do ministro Teori Zavascki e do piloto, mais três pessoas que estavam a bordo morreram. A Folha de S.Paulo antecipou que, na gravação da cabine, o piloto menciona a chuva na região e não relata problemas na aeronave. Segundo técnicos que ouviram o áudio, o piloto Osmar Rodrigues chega a conversar com outros dois pilotos que sobrevoavam o local naquele momento – um deles o reconhece, chamando-o inclusive pelo apelido de “Mazinho”. Antes de cair nas águas de Paraty, o avião fez uma tentativa frustrada de pouso, segundo as investigações. Num trecho da gravação, Rodrigues diz a expressão “setor Eco”, que significaria uma curva para o lado leste. Depois, utiliza a palavra “final”, quando estaria então se preparando para pousar. Um barulho forte é ouvido, de acordo com os investigadores, pouco antes de a gravação ser interrompida, uma espécie de “ruptura”. Acredita-se que, neste momento, o avião tenha se chocado com o mar. Não há registros de alertas de emergência, pânico, ou algo parecido. De acordo com os técnicos do Cenipa, o áudio captou apenas o que foi dito na cabine -os ruídos de vozes dos passageiros são perceptíveis em alguns momentos, mas “inaudíveis’ tecnicamente. Durante os 30 minutos de gravação da cabine, é possível identificar, relatam os investigadores, diálogos do piloto com a torre do Campo de Marte, com o controle aéreo de São Paulo, além da conversa com pilotos que sobrevoavam Paraty. Como não há torre de controle na cidade, os pilotos fazem pousos e decolagens de maneira visual e conversam entre eles para orientação e coordenação.

‘SEM ANORMALIDADE’

Em nota divulgada nesta terça-feira (24), a Aeronáutica informou que “em uma análise preliminar” os dados extraídos do gravador de voz do avião “não apontam qualquer anormalidade nos sistemas da aeronave”. A Aeronáutica informou, em texto distribuído à imprensa, que o arquivo de áudio “inclui não só informações de voz, mas outros sons que serão importantes para a investigação”. “Nós analisamos sons diferentes, em que possamos identificar, hipoteticamente falando, o ruído de um trem de pouso sendo baixado, a aplicação de algum grau de flap ou outro equipamento aerodinâmico da aeronave”, afirmou, segundo o texto divulgado pela Aeronáutica, o coronel Marcelo Moreno, da divisão de operações do Cenipa. Com informações da Folhapress.


Filho: Teori estava sob ameaças

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Seu pai demonstrava estar muito envolvido com o trabalho, por causa da delação da Odebrecht?
Francisco Zavascki – Ele tirou uns dias de férias em que se propôs a não falar de trabalho. Agora já tinha dado por encerradas férias e já estava com a cabeça no trabalho, já estava preparando a homologação.

 

Ele estava preocupado com o resultado? Estava confiante?
O que ele me comentou é que estava muito preocupado pela gravidade das coisas que ele tinha tido conhecimento nas delações e pelas pessoas envolvidas.

 

(…)

 

Circulou na internet um comentário seu postado em uma rede social dizendo que “se algo acontecesse a sua família vocês já sabem onde procurar”. Seu pai comentou sobre receber ameaças nesse período?
A gente teve várias coisas assim [ameaças], como mensagem por rede social, e-mail, telefone e tal. De receber ligação, de tudo.

 

As ameaças eram diretamente para seu pai ou para a família?
Pra gente era mais, especialmente. É muito chato. Era uma coisa que realmente preocupava a gente e ele também, pelos interesses todos envolvidos [na Lava Jato]. A gente ficou bastante preocupado. O Portal Infosaj reproduz trechos da entrevista concedida por Francisco Zavascki, filho de Teori,


Lei trabalhista tem ‘tirado emprego’ e reforma tem que ser votada com urgência, diz Maia

Lei trabalhista tem 'tirado emprego' e reforma tem que ser votada com urgência, diz Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (16) que a lei trabalhista tem “tirado emprego dos brasileiros” e que a reforma na legislação do setor deve ser discutida “em regime de urgência” no Congresso. Pelo regime de urgência, a proposta pode ser votada com prioridade no Congresso. O governo do presidente Michel Temer anunciou, em 23 de dezembro, uma série de medidas para reformar a legislação trabalhista. A matéria ainda precisa de aprovação na Câmara e no Senado. A reforma inclui 12 pontos que poderão ser negociados entre patrões e empregados e que, em caso de acordo, passarão a ter força de lei (veja detalhes ao final desta reportagem). A declaração de Maia nesta segunda foi dada após uma rápida reunião com o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (DEM), e outros vereadores, no Viaduto Jacareí, no Centro da capital paulista. Maia realiza campanha informal para a ser reeleito presidente da Câmara. Mais cedo, ele se reuniu com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e políticos aliados. “Eu acho que a reforma trabalhista precisa ser tratada em regime de urgência porque o Brasil vai caminhar para 14 milhões de desempregados, e muitos dos problemas de desemprego têm a ver com a lei trabalhista”, disse Maia. Segundo ele, a legislação brasileira “dá a impressão que protege muito, mas hoje tem tirado emprego dos brasileiros”. “[A lei] tem colocado esses empregos em outros países”, acrescentou o deputado, citando o Paraguai como uma dos locais que tem recebido empresas brasileiras por conta do que chamou de “excesso” da legislação trabalhista do Brasil. Na opinião do presidente da Câmara, o custo da contratação de um trabalhador no Brasil é, atualmente, “muito caro”, e a Justiça do Trabalho também colabora com o desemprego ao tomar decisões que muitas vezes desestimulam o empregador.


Atirador abre fogo em aeroporto na Flórida nos Estados Unidos e deixa 5 mortos, diz polícia

Tiros foram disparados no Aeroporto Internacional Fort Lauderdale–Hollywood, na Flórida, na tarde desta sexta (6). O gabinete do xerife do condado de Broward informa no Twitter que há cinco mortos e que oito feridos foram levados a um hospital. Um atirador já está sob custódia da polícia.
A CNN diz que a polícia confirmou que o atirador detido agiu sozinho, mas ainda não se sabe sua motivação. Todos os serviços do aeroporto foram suspensos. As decolagens foram canceladas e só tiveram autorização para pousar aviões que já estavam a pelo menos 50 milhas do local, enquanto os demais foram desviados para outros aeroportos.
Segundo a Fox News, há mais tiros sendo disparados no estacionamento do aeroporto e testemunhas dizem que foram orientadas a se abaixarem e não se mexerem. A emissora também relata que há pessoas saindo correndo do Terminal 1. A TSA, responsável pela segurança nos aeroportos, postou no Twitter que há um atirador “ativo” e que as pessoas devem buscar abrigo.
O gabinete do xerife de Broward confirmou que há uma investigação sobre novos tiros, ainda não confirmados, nos terminais 1 e 4, mas sem relatos de feridos. Em entrevista à MSNBC, o senador Bill Nelson afirmou que o atirador é um homem chamado Esteban Santiago, de 26 anos, e que ele carregava uma identidade militar.
A CNN mostrou imagens de um grande grupo de pessoas na pista, após o Terminal 2 ser esvaziado. No perfil do aeroporto no Twitter, antes de confirmar o fechamento, uma mensagem informava inicialmente que havia um incidente em curso no Terminal 2, no setor de retirada de bagagem. O governador da Flórida, Rick Scott, está a caminho de Fort Lauderdale para acompanhar o caso.
O presidente dos EUA, Barack Obama, foi informado e está recebendo informações sobre a situação, segundo a Casa Branca. O presidente eleito, Donald Trump, postou uma mensagem no Twitter, que está “monitorando a terrível situação na Flórida” e que já falou com o governador. Ele também enviou orações a todos.
A polícia diz que recebeu um primeiro telefonema sobre tiros no aeroporto às 12h55 (15h55 em Brasília). O aeroporto de Fort Lauderdale tem quatro terminais e em 2016 quase 2.5 milhões de passageiros passaram pelo local.