Semifinal do campeonato valenciano de futebol: Bahia goleia o PTN e garante vaga na final

 

O campeonato valenciano de futebol edição 2017 chega à reta final em clima de emoção e muita alegria. Na rodada do último domingo 09/07, realizada no estádio municipal Antônio Sereia na cidade de Valença, pela categoria juvenil a equipe do Palmeiras eliminou nos pênaltis a equipe do Flamengo pelo placar de 5 X 2 e garantiu vaga para a grande final do campeonato na categoria sub.18.

Na rodada principal a batalha travada foi entre as equipes do Bahia da Baixa alegre X PTN, a partida que teve a arbitragem de Guilharde Alves Julis, do município de Cairu tendo como assistentes os auxiliares Adolfo de Jesus e Lenilson Canela, o assistente numero três foi Gilmar Barreto. A partida teve inicio às 16h e a equipe do Bahia já mostrava que estava ali para brigar pelo titulo e aos seis minutos, em um vacilo da zaga Otto abriu o marcador para a equipe tricolor mais o assistente numero dois Lenilson Canela invalidou marcando impedimento de ataque.

Mais o Bahia permaneceu pressionando em busca de abrir o marcador e aos 30 minutos do primeiro tempo em um bate rebate dentro da área ¨piroquinha¨ abriu o marcador e não parava por ai, a equipe tricolor estava impossível envolvendo com jogadas rápidas e um toque de bola envolvendo a equipe do PTN que aos 35 minutos ainda do primeiro tempo viu mais uma arrancada de bola pelo lado esquerdo e dos pês de Otto nascer o segundo gol da equipe tricolor que deixava a torcida cada vez mais feliz e com folego renovado pra continuar empurrando sua equipe.

Dentro de campo o Bahia diante de uma equipe que não conseguia se encontra e sem poder de reação continuava partindo pra cima e aos 45 ainda do primeiro tempo Otto marcava o terceiro gol da equipe tricolor e a torcida tricolor viu cada vez mais perto e garantida à vaga na disputa do titulo de campeão valenciano de futebol em 2017.  Final de primeiro tempo Bahia 3 X 0 PTN.

No retorno pra segunda etapa da competição as duas equipes voltaram com as mesmas formações mais o esquema tático montado pelo técnico da equipe de PTN seguia sem entrosamento e sem poder de reação mais a equipe tricolor seguia convicto e apresentando um futebol com cara e garra de quem quer ser campeão.

E aos 15 minutos do segundo tempo mais uma vez em uma jogada trabalhada pelo meio campo Lucas encontrou Otto entrando livre no miolo defensivo da equipe adversaria chutando na saída do goleiro da equipe do PTN fazendo balança as redes e pulsar mais forte o coração tricolor que vivia momentos de gloria nas arquibancadas do ¨sereião¨ nascia ali à goleada tricolor era o quarto gol do Bahia.

E quando tudo parecia estar definido, em um contra ataque rápido da equipe do Bahia que culminou em uma tabelinha pelo setor direito de ataque e um lançamento feito por Thiago para dentro da grande área, lá estava ele ¨piroquinha¨ que recebeu livre e empurrou para o fundo da meta da equipe de presidente Tancredo Neves fechando o placar aos 30 minutos do segundo tempo era o quinto gol da equipe tricolor da Baixa alegre, aos 48 minutos, e pra alegria da torcia tricolor que fazia o maior carnaval nas arquibancadas o arbitro Guilharde Alves que juntamente com seus assistentes tiveram uma atuação discreta em uma arbitragem brilhante apontou para o centro do gramado encerrando a partida. Final de jogo Bahia 5 X 0 PTN .

www.Reporterurgente.com

 


Com um belo gol de João Paulo, Bahia arranca o empate contra o Fluminense

O Bahia completou um mês sem vencer. Há sete jogos que a equipe não sai de campo com três pontos debaixo do braço. Mas, diferentemente dos últimos dois jogos como mandante, arrancou o empate com o Fluminense, 1 a 1, na Arena Fonte Nova em Salvador neste domingo (9).

Wellington Silva abriu o placar do jogo a favor dos visitantes, enquanto que João Paulo acabou com o jejum do Bahia de três jogos sem marcar, empatando o jogo. O duelo foi válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o empate, o Esquadrão respira fora da maldita zona de rebaixamento na 16ª colocação com 12 pontos, porém ainda depende do jogo do São Paulo. O clube paulista joga neste domingo, às 19h, contra o Santos e não pode vencer, para que o tricolor baiano mantenha-se fora do Z-4. Já o Fluminense, permanece na sétima posição, com 17.

Na próxima rodada do campeonato, o Bahia viaja até São Paulo para enfrentar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas na quarta-feira (12), às 19h30. No mesmo dia, o Fluminense joga o clássico carioca com o Botafogo, no estádio do Maracanã, só que um pouco mais tarde às 21h.


Vitória vence Atlético fora de casa, deixa a zona e manda Bahia pro Z-4

O Vitória conseguiu sair, pelo menos momentaneamente, da zona de rebaixamento da Série A. O Rubro-negro venceu o Atlético-GO por 2 a 1 neste sábado (8), em Goiânia, pela 12ª rodada da Série A. André Lima abriu o placar e Andrigo empatou para o Dragão.

No entanto, no finalzinho do jogo, Uillian Correia definiu o triunfo rubro-negro. O próximo compromisso do Leão será contra o Vasco, às 21h45 desta quarta-feira (12), no Barradão, pela 13ª rodada da competição.

O JOGO

Gol no final do primeiro tempo

O jogo foi morno durante todo o primeiro tempo. No entanto, nos minutos finais, o Vitória pôs fogo. Aos 37 minutos, Patric achou Cleiton Xavier dentro da área. O meia não foi fominha e tocou para André Lima empurrar para o fundo das redes

Aos 48 minutos, foi a vez de David. Em jogada individual, o atacante partiu para cima, chutou colocado, mas a bola tocou caprichosamente na trave

Segundo tempo

Na etapa complementar, o Vitória deu azar. No primeiro tempo, Yago já havia sido substituído porque sentiu uma lesão. Na volta do intervalo, o volante Willian Farias, após uma dividida, e André Lima, por passa mal, também precisaram ser substituídos

Empate do Atlético
Numa cobrança de escanteio, os goianienses empataram. Bruno Pacheco cobrou o esquinado aos 24 minutos, Roger Carvalho deu uma casquinha na bola e encontrou Andrigo livre. Ele encheu o pé e igualou o placar: 1 a 1

Vitória volta à frente
Numa boa jogada, Uillian Correia conseguiu fazer o 2 a 1 para o Leão

FICHA TÉCNICA

Atlético-GO x Vitória
Campeonato Brasileiro – Série A
Data
: 08/07/2017
Horário: 16h
Local: Olímpico, em Goiânia (GO)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bonh (PR) e Luciano Roggenbau (PR)
Assistentes adicionais: Adriano Milcvski (PR) e Edna Alves Batista (PR-Fifa)
Cartões amarelos: Ramon e Rafaelson (VIT); Everaldo (AGO)
Gols: André Lima e Uillian Correia(VIT); Andrigo (AGO)

Atlético-GO: Felipe; Eduardo (Jonathan); Eduardo Gabriel, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Silva, Marcão Silva (Niltinho), Andrigo, Luiz Fernando e Breno Lopes (Walter); Everaldo. Técnico: Doriva.

Vitória: Fernando Miguel; Patric, Ramon, Kanu e Geferson; Willian Farias (Fred), Yago (Uillian Correia), Cleiton Xavier e Carlos Eduardo; David e André Lima (Rafaelson). Técnico: Alexandre Gallo.

 



Brasil se classifica para final da Liga Mundial de vôlei

Brasil se classifica para final da Liga Mundial de vôlei

Com mais uma para a sua coleção de vitórias, a seleção brasileira de vôlei derrotou a equipe do Tio Sam na semifinal da Liga Mundial nesta sexta-feira (7), por três sets a um.  Os torcedores vibraram, pois o resultado significa que o time nacional já tem seu lugar reservado na final do campeonato – o décimo título já está no horizonte. O saque de Lucão ganhou três dos quatro sets jogados, mas, apesar da vantagem, os Estados Unidos se mantiveram colados no placar em cada etapa.  A final do campeonato será disputada no próximo domingo (9), na Arena da Baixada, em Curitiba.


Jorginho destaca importância de triunfo sobre o Flu: ‘Precisamos do resultado’

Jorginho destaca importância de triunfo sobre o Flu: 'Precisamos do resultado'

Vivendo um jejum de triunfos, o Bahia volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (2), contra o Fluminense. Em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (7), o técnico Jorginho reiterou que a sua equipe tem condições de disputar a competição longe da zona de rebaixamento e destacou a importância de um triunfo. “É natural que aconteça uma cobrança maior porque a gente sabe que o Bahia tem todas as condições de estar brigando por uma posição melhor dentro do Campeonato Brasileiro. Vimos isso pelos jogos que fizemos. Acho que o único jogo ruim foi contra o nosso maior adversário, o Vitória. Em algumas delas inclusive, tivemos uma superioridade do controle do jogo e acabamos sofrendo, principalmente no jogo contra o Grêmio e contra o Flamengo, o gol no final da partida. A cobrança tem que existir. É um momento importante, um jogo em casa, onde temos feito excelentes jogos. Precisamos de um bom resultado, de um triunfo. É um jogo fundamental e acredito que seja o da nossa virada”, declarou. Sem Edigar Junio e com uma indefinição sobre a regularidade de Rodrigão, Jorginho adiantou que Vinícius deve ser o escolhido para comandar o setor ofensivo do Esquadrão. “A nossa opção hoje é para jogar com Régis e com o Vinícius. A gente está trabalhando isso porque sabemos que não são dois jogadores que fazem essa função mesmo de pivô, de um atacante. Têm movimentação muito boa. A chegada do Rodrigão nos dá essa possibilidade, mas não sabemos o que esperar para o próximo jogo por causa da questão médica, física e burocrática. Essa é nossa primeira opção. Basicamente não mudaria nada, só a volta do Lucas para a equipe titular”, explicou o treinador, que comemorou a chegada do novo centroavante.“Estava muito feliz pela vinda dele, é um jogador que já tem história no Nordeste, vinha jogando normalmente há até duas últimas semanas no Santos, teve uma pequena virose e não participou dos últimos dois jogos do Santos, e também os treinamentos foram bem separados. Não adianta hoje criar uma expectativa. A gente está muito feliz pela vinda dele aqui, tenho certeza que vai agregar muito. É um jogador de área, tem presença forte na área, faz um excelente papel de pivô e, ao mesmo tempo, tem uma velocidade. Apesar de ser grande, é um jogador que tem uma boa velocidade. É um jogador que, apesar de jovem, tem uma boa liderança, tem personalidade forte”, completou.


Amanda Nunes enfrenta Valentina Shevchenko para manter cinturão do UFC

Amanda Nunes enfrenta Valentina Shevchenko para manter cinturão do UFC

Após provocações, que se mantiveram na pesagem, ontem, Amanda Nunes e Valentina Shevchenko, enfim, se enfrentarão neste sábado (8), em Las Vegas, no UFC 213. A baiana, dona do cinturão dos galos da organização, e a quirguistanesa radicada no Peru fazem a luta principal do evento, previsto para começar às 23h (card principal). “Ela é a desafiante certa. Amanhã (hoje) será uma grande batalha. Estou pronta para continuar com o cinturão”, afirmou a Leoa baiana, que já venceu a desafiante de hoje em março do ano passado, quando ainda não era dona do título, por decisão unânime dos árbitros. Valentina, que venceu as duas lutas que fez após perder para Amanda, contra a ex-campeã Holly Holm e Julianna Peña, garante que vai ter o braço levantado após o combate deste sábado (8). “É a minha hora, eu me preparei muito. Estou pronta para dar um grande show, para uma grande performance e virar a número 1”, disse. A baiana confia no poder de nocaute e no jogo no chão, deficiência da rival, que deve investir em levar a luta o máximo de rounds possível, confiando no cansaço da campeã, que costuma se desgastar no início dos combates. Depois da derrota de José Aldo para Max Holloway, o único cinturão que o Brasil ainda mantém no UFC é o que está de posse da baiana.

OUTRO CINTURÃO: Além do cinturão dos galos feminino, outro título estará em jogo neste sábado (8). O cubano Yoel Romero e o australiano Robert Whittaker disputam o cinturão interino dos médios. Outra luta que chama a atenção é entre os peso-pesados Fabrício Werdum e Alistair Overeem. Quem vencer, deve ter a chance de revanche contra o campeão Stipe Miocic, que derrotou os dois. Mais dois brasileiros lutam no UFC 213, ambos no card preliminar, a partir das 19h30. Thiago Marreta encara Gerald Meerschaert e Douglas D’Silva luta contra Rob Font.


Técnico Gallo faz mistério e convoca torcida para o Ba-Vi

Gallo faz mistério e convoca torcida para o Ba-Vi

Após uma semana inteira de trabalho, a primeira desde que chegou ao Vitória, o técnico Alexandre Gallo deu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (30), às vésperas do Ba-Vi do domingo (2). Sabendo da importância do jogo ante a má fase de ambos os clubes, Gallo voltou a falar sobre a diminuição de jogos no segundo semestre, o que, segundo ele, irá diminuir o desgaste do time. “A gente vem de uma sequência de 43 ou 42 jogos em cinco meses, é um desgaste muito grande. Outros clubes também tiveram essa sequência, mas conseguiram respirar melhor os atletas. Depois desses últimos sete jogos, sentimos o cansaço dos atletas. Fomos bem nos 30 minutos iniciais contra o Atlético-PR, depois sentimos um pouco e caímos de rendimento”, afirmou. Depois de passar a semana inteira treinando com portões fechados, Gallo decidiu manter o mistério ao evitar falar sobre a postura tática ou escalação do clube para o clássico. Segundo ele, os treinamentos foram essenciais para definir e até mesmo o recém-contratado Carlos Eduardo tem chances de estrear.

“A gente não vai passar a equipe que deve entrar. Os atletas já sabem, nós já treinamos. Eu gosto de passar para o atleta quem vai entrar, ele trabalha diferente, se prepara diferente. Em um clássico desse, o fator psicológico é fundamental. A semana para nós foi muito tranquila, de muito trabalho. O Carlos Eduardo, como todos os atletas que vão ser relacionados, vai estar preparado. As escolhas são feitas pelo que foi apresentado no treinamento”, afirmou. Contratações – Após falar sobre a necessidade de reforços, Gallo poderá contar com a chegada de dois jogadores: o zagueiro Wallace, já oficializado, e o atacante Santiago Trellez, que ainda deve desembarcar em Salvador. Para o treinador, as novas opções irão ajudar o elenco e lhe dar mais opções na hora de montar o time. “O Wallace foi uma ótima contratação. É um atleta de qualidade. Todo clube busca se reforçar, e com o Vitória não é diferente. É um grande jogador, experiente, de atividade física de alto rendimento. A gente espera contar com ele o mais rápido possível”, ponderou. Torcida – Gallo aproveitou também para fazer um apelo e convocar a torcida rubro-negra para comparecer ao Barradão. Com uma das piores médias do campeonato até então, o treinador afirmou que ter a “casa cheia” é importante para criar uma atmosfera propícia para os resultados dentro de casa. “Espero que a torcida compareça para nos ajudar. Nunca vi o Vitória forte sem a torcida do seu lado. Vim jogar aqui várias vezes, e nunca foi fácil. A torcida sempre foi um fator de extrema importância. Sabemos que houve uma dificuldade, mas o momento é agora, esperamos que eles [os torcedores] possam nos ajudar. Fazer disso aqui um caldeirão”, requisitou. Vitória e Bahia fazem o clássico às 16h do próximo domingo (2), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. (Bahia.Ba)


Vitória afasta Alan Costa e tenta rescisão do contrato do zagueiro

Fora da lista de relacionados dos últimos jogos na Série A, Alan Costa não vestirá mais a camisa do Vitória. Com a chegada de Wallace, o zagueiro perdeu seu espaço no Rubro-Negro.

Bastante criticado pela torcida, o defensor, contratado por empréstimo junto ao Internacional já está afastado do elenco. O jogador treina em separado do grupo principal. Através do executivo de futebol Petkovic, o Leão negocia a rescisão do contrato do zagueiro.

Alan Costa, de 26 anos chegou ao Vitória no início do ano, por indicação do então técnico Argel Fucks. Titular em grande parte dos 11 jogos que disputou, ele marcou dois gols pelo clube. (Galáticos Online)