Brasileira se diz surpresa com a sua classificação no miss universo .

Miss Brasil fala sobre Miss Universo: 'Surpresa por estar entre as 10'

Depois de competir no maior concurso de beleza do mundo, o Miss Universo, Monalysa Alcântara, Miss Brasil 2017, falou sobre o desempenho que a fez ficar entre as dez mulheres mais bonitas do mundo. “Confesso que me assustei um pouco, porque eram muitas meninas. Meninas lindas, foi assustador. […] Quando cheguei no top 10, pensei : ‘Olha o tanto de menina competente que quer entrar e eu tô aqui no top 10’. Por isso estava tão grata”, contou Monalysa, em suas redes sociais. Em seguida a Miss Brasil explicou que, segundo pontuação divulgada pelo concurso, ela teria ficado em 6º lugar. “Pra mim é uma surpresa. Ou talvez fosse uma surpresa no dia, mas hoje, revendo meu desempenho, não. Eu acho que fui muito bem. Enfim, eu fui top 10 e já tô feliz!” declarou a bela. (Noticias ao Minuto)


MÃE BARBARÁ É HOMENAGEADA NOS 20 ANOS DA UNEB EM VALENÇA .

Na noite da última segunda – feira(27-11), foi realizada na UNEB- CAMPUS XV, a solenidade cívica com o objetivo de premiar algumas figuras públicas de nossa cidade que se destacaram na luta em defesa dos direitos da cultura AfroDescentes na região baixo sul, na oportunidade entre os homenageados para a felicidade da comunidade Valenciana foi escolhida Maria Balbina dos Santos (Mãe Bárbara Mam´etu Kafurengá).

Mãe Barbará é coordenadora da Federação Nacional de Culto AfroBrasileiro –FENACABE do ENAFRO -encontro Nacional Afrodescendente e também é representante da primeira Escola de Matriz Africana do baixo sul onde é pedagoga, está Instituição é reconhecida pela Fundação Palmares e pelo Iphan. Mãe Bárbara também é a fundadora da comunidade Caxuté, onde está instalado o primeiro museu vivo da costa do dendê e o memorial de Mam,etu Kassangê .

A secretaria de Cultura do município a senhora Janete Vomeri esteve presente no evento representando o perfeito de Valença e ressaltou a importância da valorização da cultura AfroDescendente, não só na região baixo sul, mais principalmente em nosso município.

Fonte : ASCOM


Morre o músico e ator David Cassidy, da Família Dó Ré Mi

Morre o músico e ator David Cassidy, da Família Dó Ré Mi

O ator e músico norte-americano David Cassidy faleceu, nesta terça-feira, aos 67 anos, por falência múltipla de órgãos. O artista estava internado desde a semana passada. “É com grande tristeza que anunciamos, em nome da família Cassidy, o falecimento do nosso querido pai, tio e irmão David Cassidy”, informou na noite passada a representante JoAnn Geffen, em comunicado. David Cassidy ficou conhecido principalmente pelo papel na série de televisão “A Família Dó Ré Mi”, exibida entre 1970 e 1974. “David morreu cercado por aqueles que amava, com alegria no coração e livre da dor que o paralisava há muito tempo”, atesta o comunicado. O artista, que estava em estado crítico num hospital na Flórida, nos Estados Unidos, após ter sido internado na quarta-feira passada, por falência múltipla de órgãos, anunciou, no início do ano, que tinha sido diagnosticado com demência.

À época, deu por encerrada a carreira musical de 50 anos, também por causa da artrite que tornava um martírio o ato de tocar guitarra, afirmou, então, Cassidy à revista People.

Após a fama alcançada na década de 1970, com álbuns de sucesso como “I Think I Love You”, e aparições na TV, Cassidy lidou, nos anos seguintes, com problemas de consumo excessivo de álcool. Em 2014, o músico nova-iorquino foi internado em clínica de reabilitação. E, no ano seguinte, declarou falência. Com informações da Lusa.


Anitta fala sobre clipe gravado com Terry Richardson, acusado de assédio sexual

Anitta fala sobre clipe gravado com Terry Richardson, acusado de assédio sexual

A cantora Anitta se pronunciou oficialmente nesta quarta-feira, 22, sobre o destino do seu próximo clipe, Vai, Malandra, gravado no Vidigal, no Rio de Janeiro, com direção do fotógrafo Terry Richardson. Richardson é acusado de assédio sexual. A modelo nova-iorquina Cameron Russell publicou um depoimento sobre o comportamento de Richardson no Instagram e convidou outras pessoas a relatar experiências parecidas. Cerca de 100 mulheres se manifestaram. Como consequencia, o grupo Condé Nast International vetou o fotógraFo de realizar futuros trabalhos em suas publicações Vogue e Vanity Fair. “Imediatamente após tomar conhecimento sobre as acusações de assédio que envolvem o diretor Terry Richardson solicitei que minha equipe avaliasse o contrato para verificar o que juridicamente poderia ser feito”, diz Anitta em comunicado oficial. A cantora resolveu prosseguir com a divulgação do clipe.“Estudamos todas as possibilidades, que foram além das questões jurídicas, passando também pelo envolvimento emocional, levando em consideração o imenso trabalho digno de todos os artistas e colaboradores que de alguma maneira fizeram este clipe acontecer”, continua a cantora. “Esse não é um trabalho de uma pessoa só.” Segundo Anitta, a manutenção do clipe para a data planejada, em dezembro deste ano, é em respeito à comunidade onde o vídeo foi gravado. “Manterei minha promessa aos moradores do Vidigal e aos meus fãs lançando o clipe de Vai, Malandra em dezembro deste ano.”

No clipe, Anitta promete mostrar suas origens e sobre o funk carioca, do qual ela se diz “orgulhar muito” de ser representante. Por fim, a cantora afirma repudiar qualquer forma de violência contra as mulheres. “Como mulher, faço questão de reafirmar que repudio qualquer tipo de assédio e violência contra nós e espero que todos os casos dessa natureza sejam sempre investigados com a relevância e seriedade que merecem.” Vai, Malandra vai ser a última música de Anitta a ser lançada este ano em seu projeto de divulgação internacional, Xeque-Mate. Depois de duas músicas em espanhol, Paradinha e Downtown (esta com J. Balvin), e de duas músicas em inglês, Will I See You e Is That For Me, a nova será em português, com versos em inglês do rapper Maejor. O clipe foi gravado antes de alguns já lançados. Em entrevista à reportagem, Anitta fala que a espera foi proposital, para criar expectativa entre os fãs. (Istoé)


Mãe de filha de Latino fala descaso do cantor: ‘Manda dinheiro um mês, aí some dois’

Mãe de filha de Latino fala descaso do cantor: ‘Manda dinheiro um mês, aí some dois’

A cabeleireira Neusimar Consendei, mãe de Ana Julia Cosendei, de 10 anos, relatou o descaso de Latino com a filha. De acordo com o Extra, a pequena só conhece o pai pelas redes sociais. “Ela diz que desistiu de esperar por ele, fica triste por ser a única filha a não ter contato”, desabafou a profissional, que também revelou não conseguir arcar sozinha com o sustento: “Ele manda um dinheiro um mês, aí some dois, três. A última vez foi há dois meses, mandou R$ 1 mil. Em outras vezes, mandou R$ 500”. Vale lembrar que a Justiça do Fórum de Manhuaçu, Minas Gerais, decretou que o cantor é o pai da menina após ele faltar três vezes ao exame de DNA. “Isso ocorreu em junho deste ano, mas até agora nada de sentenciar a pensão que ele tem que dar a ela”. Ainda na nota, Neusimar explicou o motivo de te se envolvido com o rapaz. “Eu era boba, solteira, tinha 18 anos na época. Aconteceu. Mas passei o diabo, me achavam uma vagabunda”. E garantiu: “Eu não quero nada para mim, é para a minha filha, que é filha dele”


PT, PDT e PSOL entram com representação pedindo cassação da TV Globo

PT, PDT e PSOL entram com representação pedindo cassação da TV Globo

O PT, o PDT e o PSOL estão acusando o Grupo Globo de ferir a lei de Defesa de Concorrência no caso Fifa através de uma representação ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). De acordo com a Folha de S. Paulo, os partidos acionaram a Procuradoria-Geral da República (PGR) para a investigação de eventuais crimes e pediram ao Ministério da Ciência e Tecnologia que casse a concessão da TV, por supostamente infringir a Lei Geral das Telecomunicações. A empresa foi acusada de pagar propina de US$ 15 milhões, junto com a mexicana Televisa, pelos direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030. (BN)


‘Ciúme é coisa de mulher pobre, mulher rica compartilha’, provoca Mr. Catra

‘Ciúme é coisa de mulher pobre, mulher rica compartilha’, provoca Mr. Catra

O cantor Mr. Catra é também conhecido pela quantidade de mulheres e filhos que já teve ao longo da vida. Em entrevista a Faa Morena, do programa “Ritmo Brasil”, ele revelou  que não vê problema na relação fora dos padrões. “Eu não corto as unhas do pé e não tomo banho sozinho. Elas escolhem minha roupa e eu saio do jeito que elas me vestem. Não tem como elas se darem mal se elas gostam da mesma coisa. Ciúme é coisa de mulher pobre, mulher rica compartilha”. Atualmente, o carioca é casado com três mulheres ao mesmo tempo.


Pastor André Valadão canta com padre Fábio de Melo em show

Pastor André Valadão canta com padre Fábio de Melo em show

O padre Fábio de Melo voltou a cantar junto com um artista gospel. No primeiro semestre, ele cantou e pregou na igreja de Kleber Lucas, no Rio de Janeiro. Neste domingo (12), em Orlando, Estados Unidos, o padre cantou com o cantor e pastor André Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha. Um vídeo, publicado pelo cantor gospel no Instagram, mostrou que eles mantém um forte laço de amizade. “Obrigado, meu irmão. Te admiro muito. Você é muito especial”, afirmou Valadão. Eles aparecem cantando juntos a música “Rei dos Reis” e nas redes sociais, trocaram elogios.  “Obrigado, meu irmão e amigo André Valadão! A unidade na diversidade é o caminho. Foi uma honra ter o seu ministério junto ao meu. Que Deus continue nos fortalecendo pelo caminho”, escreveu o padre. No Instagram, o pastor mineiro deixou a seguinte declaração: “Querido Pe. Fabio de Melo que noite foi essa!? Que presença de Deus! Que culto! Palavras de uma vida entregue, e experiente. Quanto amor em seus atos e ministrações. Poder louvar ao seu lado foi muito precioso pra mim. Como falei no palco, amo sua vida e oro sempre por você. Que Deus te use mais e mais e continue assim, na ousadia do Espírito Santo levando o nome de Jesus por onde você for”. Nos comentários, os fãs de André Valadão se dividiram. “Ecumenismo? Final dos Tempos”, escreveu uma pessoa. “Somos todos irmãos”, assegurou outra.


TCU vê financiamento irregular a socialite Val Marchiori

TCU vê financiamento irregular a socialite Val Marchiori

A uditoria do TCU (Tribunal de Contas da União) concluiu que o Banco do Brasil concedeu irregularmente um financiamento à socialite e apresentadora de TV Val Marchiori. O relatório diz que os gestores da instituição descumpriram normas internas ao liberar R$ 2,79 milhões para uma empresa da qual ela é sócia. O caso foi revelado pela Folha de S.Paulo em 2014. O documento, obtido pela reportagem, propõe que os ministros do TCU apliquem multas de até R$ 58,2 mil a 13 gestores do banco por, supostamente, darem pareceres favoráveis à concessão do crédito, “sem fazer as análises técnicas necessárias”. Além dos auditores do tribunal, o Ministério Público de Contas sugere as mesmas sanções. O julgamento foi iniciado em 13 de setembro, mas suspenso por um pedido de vista, após divergência entre os integrantes do plenário. Os recursos foram liberados em 2013, durante a gestão do ex-presidente do BB Aldemir Bendine -atualmente preso pela Operação Lava Jato-, que era amigo de Marchiori. O empréstimo foi concedido à Torke Empreendimentos, que tinha a socialite como administradora.

O dinheiro vinha do Programa de Sustentação do Investimento, do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A Folha de S.Paulo revelou que Marchiori foi orientada pelo BB e, menos de um mês antes de pedir o apoio financeiro, alterou o objeto social da empresa para enquadrá-la nas regras para obtenção de crédito. A Torke passou, então, a ter entre suas atividades “o transporte rodoviário de produtos perigosos”. O financiamento se destinou à compra de cinco caminhões. Os veículos foram alugados para uma transportadora do irmão dela, prestadora de serviços para o frigorífico Big Frango, adquirido pela JBS em 2014. O TCU analisou as condutas dos gestores do banco que deram aval à operação.

Eventuais irregularidades atribuídas a Bendine e Marchiori não estavam no foco da fiscalização. A auditoria sustenta que o empréstimo foi aprovado em desacordo com os normativos do BB porque a apresentadora tinha histórico de inadimplência com o próprio banco, o que impediria a concessão de crédito não só para ela, mas para a empresa que representava. “Verificou-se que não foram realizadas análises técnicas suficientes para a aprovação do referido financiamento e, tampouco, houve, no dossiê da operação, qualquer menção ao normativo que regula a realização de operações customizadas”, diz trecho de relatório.

PORSCHE

O TCU também fiscalizou outro empréstimo do BB à Torke, de R$ 200 mil. O montante era proveniente de uma linha de crédito do próprio banco e foi empregado na compra de um Porsche Cayenne, de uso da apresentadora. A auditoria concluiu que, nesse caso específico, não houve irregularidade, pois, pela legislação, o uso do veículo não precisa estar associado aos objetivos sociais da empresa. Além disso, as prestações foram quitadas. O financiamento de R$ 2,79 milhões ainda está em curso. Não há data para que o processo volte a julgamento. Na sessão de 13 de setembro, o relator, ministro José Múcio Monteiro, votou para que as multas não fossem aplicadas aos gestores do BB. Argumentou que a operação não representou “risco ou efetivo prejuízo” à instituição. Considerou também que não ficou demonstrada ilegalidade nas condutas. O ministro citou decisão da Justiça Federal em São Paulo que rejeitou denúncia do MPF (Ministério Público Federal) contra Marchiori, o irmão dela, Adelino Marchiori, e o gerente do BB Alexandre Canizela. A decisão foi mantida pelo TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), mas a Procuradoria da República recorreu ao STJ (Superior Tribunal de Justiça). O ministro André Luís de Carvalho discordou da posição de Múcio e pediu vista do processo. A decisão dependerá do plenário do TCU.

OUTRO LADO

O Banco do Brasil diz que prestou as informações solicitadas pelo TCU e demonstrou “a regularidade das operações”. O banco afirma que os fatos foram investigados pela Polícia Federal, que concluiu não ter havido irregularidade e que a Justiça Federal julgou improcedente denúncia do Ministério Público Federal. O advogado de Val Marchiori, André Boiani de Azevedo, disse que as investigações demonstraram não ter havido nenhum tipo de fraude ou de influência de Aldemir Bendini para viabilizar os empréstimos. Ele afirmou que sua cliente seguiu os trâmites do banco e que partiu do próprio responsável pelo processo orientação para que o objeto social da empresa fosse alterado. Com informações da Folhapress.


SAAE recebe homenagem no “Troféu Imprensa” de Valença

No dia 28 de outubro, aconteceu o tão esperado “Troféu Imprensa Destaque do Ano” de Valença, uma realização do grupo RM Comunicação. O evento promove a premiação de empresas, formadores de opiniões e outros destaques nos segmentos públicos e privados.Tendo como objetivo final o reconhecimento pelos serviços prestados à comunidade.
O Troféu Imprensa já está na sua terceira edição e ganhou a credibilidade da população e dos empresários que o reconhecem como um estímulo ao desenvolvimento do comércio.

Como não poderia ficar de fora, o SAAE também foi contemplado com a premiação, isto prova que a autarquia está no caminho certo. Mesmo não podendo comparecer para receber a premiação, a Sra. Rosemary Paixão enviou dois representantes, Sr. Edilson França (Chefe da Divisão Técnica), e o Sr. Ademir Conceição (Chefe do Setor Técnico).

“A premiação só ratifica o compromisso que o SAAE de Valença está tendo perante a comunidade, estamos realizando uma verdadeira revolução na autarquia” – Afirma a Diretora do SAAE.

 

Publicado em 01/11/2017 16:08:37
Por: Assessoria de Serviços de Gestão do SAAE