“Partido da favela” pede registro ao Tribunal Superior Eleitoral

"Partido da favela" pede registro ao Tribunal Superior Eleitoral

Celso Athayde, 54, chegou à recepção do escritório de uma agência de publicidade onde teria uma reunião. Negro, foi instruído a ir à sala ao lado -a recepcionista achou que ele estivesse lá para fazer uma entrega. O tema do encontro na agência era justamente a ocupação de espaços de poder por negros, especificamente, no Congresso Nacional.   Nesta quarta-feira (30), o partido que Athayde ajudou a fundar com esse propósito, o Frente Favela Brasil, terá seu pedido de registro oficializado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A  ideia é mobilizar negros e moradores de favela em defesa dos seus interesses, nos moldes do que fazem as bancadas evangélica e ruralista.  Negros e pardos são 54% dos brasileiros. Cerca de 6% da nação mora em favelas. No entanto, apenas dois em cada dez deputados federais eleitos em 2014 se consideram pretos ou pardos.Se for autorizado, o Frente será o 36º partido brasileiro. Athayde acha que a criação de um novo partido se faz necessária porque a estrutura atual não dá conta de defender essa parcela da população.

“O DEM tem um grupo de negro, o PMDB também tem, o PSDB tem o Tucanafro, o PT tem o MMU, o PC do B também tem. É o que temos para hoje, mas não é suficiente. Se fosse, o DEM não estaria com uma ação no STF que contesta a desapropriação de áreas particulares em favor de comunidades quilombolas, por exemplo.”  Se o partido tiver o registro aprovado pela Justiça Eleitoral, passará à etapa seguinte, a de coleta de assinaturas. Pela lei, precisa colher um mínimo de 487 mil assinaturas, ou 0,5% dos votos válidos na última eleição. Para alcançar a meta, a ideia é usar redes sociais e a fama de alguns de seus membros e entusiastas, como Lázaro Ramos, MV Bill, Mano Brown e Sandra de Sá. Athayde diz que conseguirá cerca de 5 milhões de assinaturas.

Eleições 2018

O partido ainda não decidiu se terá candidatos em 2018, nem quem seriam. Bill e Brown estão entre os que Athayde gostaria de lançar, mas ainda não foram convencidos.  Athayde diz que ainda é cedo para falar de demandas específicas que o Frente vai defender. “A gente levanta voo e depois constrói o avião.” No entanto, no programa estão temas associados a causas tradicionais da esquerda.  “A primeira coisa é ocuparmos o espaço de poder. Muito se fala na causa dos negros, mas na hora em que as decisões são tomadas, os negros não estão lá”, diz a copresidente do partido, Patricia Alencar, 37, que vive no morro do Papagaio, favela em Belo Horizonte.  O que há de concreto é que candidatos e lideranças terão de ser representativos dessa população -negros ou de favelas-, será obrigatório ter paridade de gênero nas lideranças locais -sempre haverá um homem e uma mulher nesses cargos- e os eleitos terão de doar 50% dos seus salários para um fundo dedicado a projetos nas favelas.  Produtor cultural, Athayde cresceu nas favelas do Rio e fundou a Cufa (Central Única de Favelas), ONG que promove atividades de educação, lazer, esportes e cultura em lugares pobres. Também é sócio do Favela Holding, conjunto de empresas que atuam nesses territórios. Foi o principal responsável por botar o partido de pé, mas diz que, a partir de agora, acompanhará de fora, como uma espécie de conselheiro. “Não tenho vocação pra isso e quero evitar conflito de interesse. Minha contribuição é na área empresarial.”  Se aprovado, o Frente Favela Brasil se somará aos 56 novos partidos que já se registraram na corte e agora trabalham para conseguir as assinaturas.  “Mesmo se o partido não der certo já terá cumprido o papel de chamar a atenção para esse problema e fazer as pessoas discutirem. Não é só um partido, é um movimento”, diz Athayde.


Falta de quórum atrasa continuidade da votação dos destaques da TLP

Falta de quórum atrasa continuidade da votação dos destaques da TLP

A falta de quórum está atrasando a votação dos últimos destaques da (MP) 777/2017, que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) para balizar os empréstimos do BNDES a partir de janeiro do próximo ano, em substituição da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP).  No início da tarde desta quarta-feira, 30, deputados votam nominalmente requerimento apresentado pelo deputado Alessandro Molon (Rede-RJ), da oposição, para retirar a MP da pauta do plenário.  A votação, porém, ainda não foi concluída, pois apenas 180 deputados votaram, menos do que o quórum mínimo de 257 deputados exigido para encerrar a votação.  Após a análise do pedido de retirada de pauta, deputados ainda terão de votar outros requerimentos de obstrução apresentados pela oposição, que é contra a aprovação da medida. Os pedidos são apresentados pelos opositores com o objetivo de atrasar ou até inviabilizar a votação da MP.


Lula pede a Moro desbloqueio de aposentadoria e previdência

Lula pede a Moro desbloqueio de aposentadoria e previdência

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta quarta-feira (30) ao juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, que desbloqueie os valores tanto de sua aposentadoria como de sua falecida esposa, Marisa Letícia. Além disso, os advogados pediram a liberação de parte dos valores congelados em suas contas bancárias, pouco mais de R$ 600 mil, e de sua previdência privada, outros R$ 9 milhões.  Segundo a defesa, esses valores se referem a uma “herança” de Marisa por conta do “regime marital de comunhão universal de bens”.  Lula foi condenado em julho deste ano a nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo chamado “caso tríplex”. Por conta disso, Moro ordenou o bloqueio de cerca de R$ 13,7 milhões como indenização para a Petrobras. (Agência Brasil)


Aumento da população carcerária feminina no Brasil foi de quase 700% em 16 anos

 

 

 

 

 

 

 

 

Em 16 anos, o crescimento da população carcerária feminina no Brasil foi de 698%. O número foi extraído de dados mais recentes do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça. Enquanto em 2000, havia 5.601 mulheres presas, em 2016, foram contabilizadas 44.721 detentas. Segundo informações da Agência Brasil, o levantamento mostra ainda que só de dezembro de 2014 a dezembro de 2016, o aumento foi de 19,6%. De todas as mulheres presas, 43% delas ainda não tiveram seus casos julgados em definitivo. Essas informações foram levadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta semana e culminaram num pedido de habeas corpus para mulheres grávidas; puérperas, ou seja, que pariram há menos de 45 dias; e mães de crianças com até 12 anos, que estejam sob sua responsabilidade. Diante da extensão do caso, o ministro Ricardo Lewandowski intimou ainda a Defensoria Pública da União (DPU) para atuar no caso.


Taxa extra da conta de luz vai cair de R$ 3 para R$ 2 em setembro

o

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anuncia nesta sexta-feira (25) que a bandeira tarifária cairá de vermelha, patamar 1, para amarela no mês de setembro. Isso significa que a taxa extra cobrada nas contas de luz cairá de R$ 3 para R$ 2 para cada 100 kWh de energia consumidos. Durante o mês de agosto, vigorou a bandeira vermelha, que aplicou uma taxa extra nas contas de luz de R$ 3 para cada 100 kWh. A queda ocorre por conta de chuvas acima do esperado para essa época do ano nas regiões Sul e Sudeste, que melhoraram o nível dos reservatórios naquelas regiões. A aplicação das cores de bandeira amarela e vermelha nas contas de luz se dá quando o custo de produção de energia no país sube. Isso ocorre porque a falta de chuvas reduziu o armazenamento dos reservatórios das hidrelétricas, que passam a produzir menos eletricidade. Para compensar a queda na produção das hidrelétricas, o governo aciona mais termelétricas. Entretanto, essas usinas geram energia mais cara, por meio da queima de combustíveis como óleo e gás natural. É para cobrir o custo extra com o uso de mais termelétricas que foi implantada a escala com base em bandeiras tarifárias.


Aposentados e pensionistas começam a receber primeira parcela do décimo terceiro

O pagamento começará pelos benefícios de um salário mínimo com final 1
Mais de 29,2 milhões de aposentados e pensionistas do setor privado começam a receber hoje (25) a primeira parcela do décimo terceiro. O pagamento será feito na folha de agosto e segue até 8 de setembro, conforme o cronograma mensal de depósito dos benefícios. O decreto presidencial que permitiu a antecipação de 50% do décimo terceiro para agosto foi publicado no fim de julho. Segundo o Ministério da Previdência Social, a medida injetará R$ 19,9 bilhões na economia em agosto e setembro. O pagamento começará pelos benefícios de um salário mínimo com final 1. Para benefícios superiores a um salário mínimo, a primeira parcela do décimo terceiro só começará a ser depositada em 1º de setembro. O cronograma de liberação está disponível na página do Ministério da Previdência na internet.

Carros da prefeitura de Pres. Tanc. Neves são apreendidos na Blitz do DETRAN no centro da cidade

Na manhã desta quinta-feira (24/08), foi realizado uma Blitz do DETRAN, no centro da cidade de Presidente Tancredo Neves/BA, pegando de surpresa motociclistas e condutores de veículos.
Várias motocicletas e carros foram parar no pátio do DETRAN em Valença, por conta de irregularidades na documentação tanto dos veículos e falta de habilitação dos condutores, dentre os veículos apreendidos estão dois veículos da prefeitura, sendo um modelo Gol, na cor branca, lotado na Secretaria de Saúde e um Fiorino, também na cor branca, lotado na Secretaria de Educação que faz o transporte da Merenda Escolar. Segundo informações, os mesmo foram apreendidos por irregularidades na documentação.
Que vergonha hein TOIN!!! Enquanto isso, nos quatro primeiros meses deste ano, só a GRAND PRIX recebeu dos cofres públicos a exorbitante quantia de R$ 1.574.756,00 (hum milhão quinhentos e setenta e quatro mil, setecentos e cinquenta e seis reais). Abre o olho TOIN DO BÓ!
 
Reportagem Amarelinho10

Justiça determina prisão do ex-jogador Roberto Carlos

O ex-jogador Roberto Carlos, ídolo do Real Madrid e da seleção brasileira, teve a prisão decretada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo por não pagar pensão alimentícia. A informação é de Leo Dias, de jornal O Dia. A ação foi ajuizada na comarca de Itaperuna, no Rio de Janeiro, e já foi encaminhada às autoridades paulistas. Assim que o ex-atleta desembarcar no Brasil ele deve ser preso.
Uma ordem de prisão internacional pode ser expedida, o que faria com que ele fosse preso em qualquer lugar do mundo. Roberto Carlos não paga pensão da filha mexicana Rebecca. Segundo o jornalista, a garota foi para Madri por dez dias e nem sequer encontrou o pai. A ação corre em segredo de Justiça.

Naufrágio no Pará deixa ao menos sete mortos e mais de 30 desaparecidos

A principal suspeita é de que uma tempestade teria provocado
o naufrágio (Foto: Defesa Civil)
Um barco com 70 pessoas a bordo naufragou no rio Xingu, no Pará, na noite desta terça-feira (22). Segundo o Corpo de Bombeiros, 25 sobreviventes e outros sete corpos já foram resgatados. Os demais ocupantes da embarcação continuavam desaparecidos até esta publicação. O barco-motor, batizado de “Comandante Ribeiro”, saiu do porto da Praça Tiradentes, em Santarém, na noite da última segunda (21), e teria como destino a cidade de Vitória do Xingu (PA). No meio do trajeto, a embarcação fez conexões nas cidades de Prainha e Monte Alegre. Por volta das 18h desta terça realizou uma terceira parada no município de Porto de Moz, onde recebeu cerca de 40 novos passageiros. A principal suspeita é de que uma tempestade teria provocado o naufrágio após a embarcação deixar Porto de Moz. O barco afundou em Vila do Maruá, uma região conhecida por “Ponta Grande”. Os sete corpos localizados na manhã desta quarta (23) são de cinco adultos, um adolescente e uma criança —todos foram levados para Porto de Moz. A assessoria do Corpo de Bombeiros confirmou que a embarcação estava com 70 passageiros aproximadamente, mas não informou o número exato. O Corpo de Bombeiros montou uma operação com o auxílio de mergulhadores para localizar as vítimas.

Patrícia Poeta desabafa após ser acusada de consumir de remédios para emagrecer

Patrícia Poeta desabafa após ser acusada de consumir de remédios para emagrecer

Patrícia Poeta usou suas redes sociais para fazer um alerta nesta terça-feira (22). Ela informou que empresas estão usando sua imagem para vender medicamentos para emagrecer e nega que tenha usado qualquer produto com essa finalidade. A apresentadora relatou que recebe muitas mensagens de fãs perguntando sobre tais substâncias. “Sequer conheço eles e fico preocupada ao saber que muitos de vocês compram esses medicamentos acreditando que tomei eles de fato. Não é verdade”, declarou. Patrícia diz que seu desabafo foi motivado por notícia do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, que afirmava que ela estaria hoje em Tribunal de Justiça do Rio contra uma empresa de medicamentos homeopáticos. “Como cidadã e pessoa pública, é meu dever entrar na Justiça contra esses criminosos e alertar o consumidor de boa fé”, justificou a apresentadora. Ela ainda deu a dica para quem procura perder peso: “É preciso ter força de vontade mesmo. Fazer reeducação alimentar orientada por bom profissional e exercícios físicos! Saúde em primeiro lugar!”.