Atacante Roger, do Botafogo, dá testemunho: “Glória a Deus, estou curado”

Atacante Roger, do Botafogo, dá testemunho: “Glória a Deus, estou curado”

Menos de uma semana após ter passado por uma cirurgia para a retirada de um tumor no rim direito, o atacante Roger, do Botafogo, convocou uma coletiva de imprensa. Nesta quarta-feira (11), ele comemorou o resultado da biópsia, que contrariou a possibilidade de ser câncer. O médico Raphael Rocha, responsável pela operação, explicou: “Evidenciamos um tumor de comportamento benigno. Não faremos nenhum tratamento e a expectativa é que ele esteja curado”. Roger disse que os últimos dias foram “o momento mais difícil que passou na vida”. “Primeiramente quero agradecer a Deus porque mais uma vez ele mostrou o carinho que tem por todos nós. Doutor, quero agradecer ao senhor, obrigado. Me emociono, pois foi o momento mais difícil da minha vida… Posso dizer que estou curado, e em 30 dias estarei treinando no Botafogo”, avisou. O atleta disse que todo o processo de detecção da doença foi muito rápido. “Eu tinha jogado domingo. Uma dor ruim do meu lado esquerdo, procurei o médico e quando descobri um tumor no rim. A primeira reação foi de muito choro, de dor até porque não sabíamos como era”, lembrou.

Assista:

O jogador, que é evangélico, disse ainda que não teve sua fé abalada, mesmo diante da suspeita de câncer: “Vivo a melhor fase da minha vida… Sou um cara privilegiado, tenho uma família linda, sou um atleta de alto nível e seria injusto reclamar com Deus”. Após a extração do tumor benigno, Roger não precisará fazer quimioterapia e nem radioterapia por ter retirado o tumor ainda em fase inicial. Nas redes sociais, o atacante publicou um vídeo ao lado da filha Giulia, 11 anos, que é cega de nascença. “Tatá”, como é carinhosamente chamada pela família, cantou parte do louvor “Milagre” de Eyshila. No final, Roger, declarou, emocionado: “Glória a Deus, estou curado”. Com informações de Globo Esporte.


Comentários fechados.

Notícias Relacionadas