Colisão automobilística no cruzamento da avenida dendezeiros com a AV. ACM

 

 

 

Na noite da ultima sexta-feira, 13/10,por volta das 19:30h ,  ocorreu uma colisão automobilística no cruzamento da avenida dendezeiros com a Avenida Antônio Carlos Magalhães, ao lado do posto de combustível. Segundo ocorrência, o veiculo Siena de cor verde, PP. OZC-3204 conduzido por uma senhora aparentando ter 50 anos, trafegava na AV.ACM sentido centro quando apos passar pelo semáforo e realizar uma conversão para a esquerda sentido avenida dendezeiros colidiu no fundo de uma motocicleta que trafegava na AV.ACM em direção ao bairro do jacaré realizando uma conversão a direita entrando também na avenida dendezeiros. Na colisão o motociclista que não teve a sua identidade revelada, apresentava suspeito de fraturas na perna esquerda e escoriações pelo corpo, ele foi socorrido pela equipe do samu para o hospital de Valença. Uma guarnição da policia militar esteve no local ajudando na coordenação do transito ate a chegada da guarda municipal e departamento de transito para a adoção das medidas cabíveis .

www.Reporterurgente.com


Morre Júlio Leal, esposo da prefeita de Ibirataia e ex-gestor do município

Júlio sofreu um grave acidente nesta quarta-feira na BA-120
Morreu no hospital do Subúrbio, em Salvador, por volta das 22h dessa quinta-feira (12), o ex-prefeito de Ibirataia Júlio César Santos Leal, de 57 anos. A morte foi confirmada ao GIRO por um amigo da família que acompanhava Júlio na unidade hospitalar. Ele foi transferido do hospital Prado Valadares, em Jequié, numa UTI aérea até a capital baiana no final da tarde de hoje (12). Com fraturas em uma das pernas, nas costelas e no crânio, o quadro de saúde de Júlio era considerado grave.
Júlio sofreu um grave acidente na tarde de
quarta-feira na BA-120 (Foto: Giro Ipiaú)
Ele sofreu um acidente na tarde de quarta-feira (11) na BA-120, entre o distrito de Algodão e Ibirataia. Atualmente Júlio exercia o cargo de secretário de administração do município. Foi prefeito de Ibirataia entre os anos 2001 e 2004, e nas eleições de 2016 conseguiu eleger sua esposa, Ana Cléia, prefeita.
Júlio ao lado da esposa e prefeita de Ibirataia,
Ana Cléia Leal.
A comunidade ibirataiense lamenta a perda de um dos líderes políticos de maior influência na história do município. Nesta sexta-feira a família deve informar detalhes sobre o velório e sepultamento de Júlio Leal. (Giro Ipiaú)

Acidente automobilístico deixa duas vitimas fatais no município de Laje

Um grave acidente ocorrido na localidade do capão no entroncamento de Laje, ocorreu na manhã desta sexta-feira (13/10). Duas pessoas morreram no local do acidente, quando o motorista de uma Hylux da ATP Engenharia que estava a serviço do DNIT, atingiu um motociclista após perder o controle do veículo.
Segundo testemunhas que presenciaram o acidente, um dos pneus da Hylux se desprendeu, fazendo com que o condutor do veículo rodasse atingindo em cheio a moto que vinha na direção oposta. A PRF Polícia Rodoviária Federal está no localidade realizando os procedimentos para a normalização do trânsito no local.

Cicom Bahia recebe 239 trotes diários .

Até setembro, Cicom registrou 65.477 ligações falsas (Foto: Divulgação)
Em 2017, o Centro Integrado de Comunicações da Secretaria da Segurança Pública (Cicom) recebeu cerca de 239 trotes por dia. Até 30 de setembro, o sistema registrou ao todo 65.477 ligações falsas. A unidade recebe chamadas nas centrais de atendimento da Polícia Militar (190), Civil (197) e do Corpo de Bombeiros (193) e tem prejuízos com as falsas ocorrências que atrapalham o auxílio às pessoas que realmente necessitam desse serviço. Segundo o diretor de operações da Superintendência de Telecomunicações (Stelecom) da Secretaria de Segurança Pública (SSP), coronel PM Moisés Brito de Oliveira, as ligações ficam mais frequentes no período de férias escolares, pos a maioria dos autores de trotes são crianças. “Os prejuízos são agravantes, além do gasto com combustível para deslocar viaturas em vão, corre-se o risco de tirar guarnições de patrulhamento da disposição de pessoas com denúncias verídicas”, declarou ele. A brincadeira de mau gosto é ilegal e o coronel sinaliza para a responsabilização. “Como qualquer outro crime, a pessoa que vier a ser identificada praticando responde penalmente pela sua ação”, explicou. Ele também chama a atenção dos pais e responsáveis, sobre a importância da conscientização e responsabilidade sobre as ações das crianças. *CORREIO

CGU avalia regularidade dos pagamentos do seguro defeso ao pescador artesanal

Trabalho identificou sistemas vulneráveis e utilização para fins eleitorais. Não há monitoramento dos beneficiários. Dos entrevistados, 66% recebem indevidamente
CGU recomendou que elementos objetivos para conceituação de pesca comercial sejam incluídos nos normativos do registro do pescador

CGU recomendou que elementos objetivos para conceituação de pesca comercial sejam incluídos nos normativos do registro do pescador

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) divulga o resultado da avaliação sobre os pagamentos do Seguro Desemprego ao Pescador Artesanal (Seguro Defeso). O objetivo da auditoria foi avaliar a regularidade dos beneficiários inscritos no Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP); a segurança da base de dados; o processo de concessão de licenças de pesca; bem como a rotina de fiscalização adotada pelo órgão responsável – antes a cargo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), mas, desde maio de 2017, em razão da MP nº 782, transferida ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Acesse o relatório na íntegra 

Acesse os dados regionais (estados e municípios)

O tema foi selecionado em razão de sua materialidade (volume de recursos envolvidos) – o pagamento do Seguro Defeso mais que triplicou de valor, passando de R$ 602 milhões em 2008 para quase R$ 2 bilhões em 2015. No mesmo período, houve aumento de 92,4% no número de inscritos no RGP, atingindo a marca de 1.052.711 pescadores artesanais cadastrados. 

Constatações

Para a condução da auditoria, a CGU visitou as residências e realizou entrevistas com 2.315 cadastrados no RGP como beneficiários do Seguro Defeso, distribuídos em 126 municípios. Entre as irregularidades encontradas, destacam-se:

  • Pagamentos Indevidos de Seguro Defeso: 66% dos entrevistados, embora indicados como exclusivamente pescadores, não exerceram a pesca no período analisado pela entrevista (2013 e 2014), ou praticaram outras atividades remuneradas, geralmente informais, tendo a pesca como atividade complementar.
Seguro Defeso 1
  • Cadastros Irregulares no Sistema do RGP (SisRGP): os controles existentes no sistema são vulneráveis e não evitam a ocorrência de falhas no cadastro dos pescadores, nem mitigam os riscos de exploração das vulnerabilidades. Destaca-se que logins e senhas de acesso de servidores eram utilizadas por funcionários terceirizados, com ou sem o consentimento dos titulares.

    Tal fragilidade na base de dados do SisRGP permitiu um pico na quantidade de registros (24.430) justamente no mês anterior ao do pleito eleitoral de 2014. O mesmo não foi observado no mês de setembro de 2013 (3.214 inscrições). O fato reforça a tese de que o cadastro esteja sendo utilizado para fins alheios aos que direcionam a política pública.

Seguro Defeso 2
Fonte: Base de dados do sistema SisRGP
 
  • Ausência de Fiscalização: o órgão responsável pelo Seguro-Defeso não verifica se os registrados são de fato pescadores. Não há manual de procedimentos (com o fluxo desde o recebimento até a emissão da carteira de pescador artesanal), nem rotina de monitoramento e inspeções periódicas dos beneficiários inscritos no RGP.
  • Inadequação dos Processos de Cadastramento: foram verificados problemas nas superintendências que impactaram diretamente na fidedignidade das informações constantes no RGP. Tais falhas se estendem desde a análise da documentação apresentada pelos requerentes na ocasião de sua inscrição até a conformidade dos dados inseridos no SisRGP.

Diante do constatado, foi concluído que o registro do pescador não possui efetividade, sob o aspecto de que a informação registrada não é confiável para reverter em benefícios para a gestão pesqueira, e é ineficiente em nível intolerável para justificar a manutenção da política pública nos moldes atuais. Tal irregularidade é agravada pela ausência de fiscalização do registro, pela ausência de definição de critério objetivo de renda para caracterizar a pesca com fins comerciais e pela inexistência de penalidades para as entidades representativas que apresentam documentação não fidedigna ao órgão responsável pelo registro.

Recomendações e atuação conjunta

A partir das constatações levantadas, a CGU recomendou que, durante processo de recadastramento dos inscritos, sejam incluídos, nos normativos do registro do pescador, elementos objetivos para conceituação de pesca comercial. Também se recomendou que fossem criados mecanismos de responsabilização das entidades representativas de pescadores quanto à veracidade das informações prestadas; que institucionalizasse um Plano Nacional de Fiscalização do RGP; e que adotassem estratégia de divulgação local nos municípios mais críticos e outras medidas de transparência pública visando a esclarecer sobre as regras do registro e das situações consideradas irregulares.

Além de expedir recomendações para os gestores da política pública, a CGU tem atuado no âmbito do Comitê de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas Federais (CMAP) para aperfeiçoar a política pública e corrigir as fragilidades apontadas. Um dos benefícios obtidos foi a publicação do Decreto nº 8.967, em janeiro deste ano, que estabelece melhorias nos critérios de inscrição no RGP e de concessão do benefício do Seguro-Defeso. O normativo foi assinado pela Presidência da República, MAPA, Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS) e Ministério do Meio Ambiente (MMA).

A CGU permanece na busca conjunta por soluções e realiza sistemático acompanhamento da adoção das providências por parte dos gestores responsáveis.


Atacante Roger, do Botafogo, dá testemunho: “Glória a Deus, estou curado”

Atacante Roger, do Botafogo, dá testemunho: “Glória a Deus, estou curado”

Menos de uma semana após ter passado por uma cirurgia para a retirada de um tumor no rim direito, o atacante Roger, do Botafogo, convocou uma coletiva de imprensa. Nesta quarta-feira (11), ele comemorou o resultado da biópsia, que contrariou a possibilidade de ser câncer. O médico Raphael Rocha, responsável pela operação, explicou: “Evidenciamos um tumor de comportamento benigno. Não faremos nenhum tratamento e a expectativa é que ele esteja curado”. Roger disse que os últimos dias foram “o momento mais difícil que passou na vida”. “Primeiramente quero agradecer a Deus porque mais uma vez ele mostrou o carinho que tem por todos nós. Doutor, quero agradecer ao senhor, obrigado. Me emociono, pois foi o momento mais difícil da minha vida… Posso dizer que estou curado, e em 30 dias estarei treinando no Botafogo”, avisou. O atleta disse que todo o processo de detecção da doença foi muito rápido. “Eu tinha jogado domingo. Uma dor ruim do meu lado esquerdo, procurei o médico e quando descobri um tumor no rim. A primeira reação foi de muito choro, de dor até porque não sabíamos como era”, lembrou.

Assista:

O jogador, que é evangélico, disse ainda que não teve sua fé abalada, mesmo diante da suspeita de câncer: “Vivo a melhor fase da minha vida… Sou um cara privilegiado, tenho uma família linda, sou um atleta de alto nível e seria injusto reclamar com Deus”. Após a extração do tumor benigno, Roger não precisará fazer quimioterapia e nem radioterapia por ter retirado o tumor ainda em fase inicial. Nas redes sociais, o atacante publicou um vídeo ao lado da filha Giulia, 11 anos, que é cega de nascença. “Tatá”, como é carinhosamente chamada pela família, cantou parte do louvor “Milagre” de Eyshila. No final, Roger, declarou, emocionado: “Glória a Deus, estou curado”. Com informações de Globo Esporte.


Vitória decepciona mais uma vez dentro de casa e perde para o Sport

Vitória decepciona mais uma vez dentro de casa e perde para o Sport

O Vitória segue sem se impor dentro do Estádio Manoel Barradas. Em 12 partidas disputadas na sua praça esportiva no Campeonato Brasileiro deste ano, o Leão venceu apenas duas e empatou três. A sétima derrota rubro-negra aconteceu nesta quinta-feira de dia das crianças, o algoz da vez foi o Sport, que venceu por 2 a 1, pela 27ª rodada do certame nacional. Diego Souza e Lenis fizeram a a alegria dos visitantes, enquanto que Tréllez descontou para os donos da casa. Com o revés, o Vitória caiu para a 12ª posição, estacionado nos 32 pontos, na tábua de classificação do campeonato. Já o Sport, que deixou a zona de rebaixamento, deu um salto na tabela. Da 17ª colocação no início da rodada, os pernambucanos subiram para a 11ª ao somar 33 pontos. O próximo compromisso do Vitória será diante do Santos, na próxima segunda-feira (16), às 19h no horário da Bahia, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 28ª rodada. Enquanto que o Sport recebe a visita do Atlético-MG, no dia anterior, às 16h, no também no horário da capital baiana, na Ilha do Retiro, em Recife.

FICHA TÉCNICA
Vitória 1×2 Sport
Campeonato Brasileiro – 27ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 12/10/2017
Horário: 17h
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Assistentes adicionais: José Cláudio Rocha Filho (SP) e Vinicius Gonçalves Dias (SP)

Cartões amarelos: Uillian Correia e André Lima (Vitória) / Diego Souza, André (Sport)

Cartão vermelho: André Lima (Vitória)

Gols: Santiago Tréllez (Vitória) / Diego Souza e Lenis (Sport)

Vitória: Caíque; Caíque Sá (Danilinho), Ramon, Wallace e Juninho; Uillian Correia, Fillipe Soutto (Patric), Yago e Neilton; David (André Lima) e Santiago Tréllez. Técnico: Vagner Mancini. ///// Sport: Magrão; Raul Prata, Henríquez, Durval e Mena; Anselmo, Wesley (Rodrigo) e Patrick; Diego Souza, Osvaldo (Lenis) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.


Incêndio atinge restaurantes e pousada em Morro de São Paulo

O fogo começou por volta das 13h, na Segunda Praia
(Foto: Reprodução)
Um incêndio atingiu pelo menos três estabelecimentos, sendo dois restaurante e uma pousada, em Morro de São Paulo, localidade do município de Cairu, no Sul do estado, no início da tarde desta quinta-feira (12). Não há informações sobre onde o fogo teria começado, mas um dos locais afetados é o Sambass, que funciona como restaurante e pousada e fica localizado na Segunda Praia. Além do Sambass, há, ainda, o restaurante Cantina do Morro. As chamas começaram por volta das 13h. “Estávamos na praia, sentados, quando o pessoal da mesa do lado levantou correndo. Fizemos o mesmo, com medo de uma explosão de [botijão de] gás, mas algumas pessoas curiosas fizeram o contrário”, conta o empresário e corretor de seguros Marcelo Borges, 45 anos.

Segundo fontes ouvidas pelo CORREIO, o fogo estava sendo debelado, inicialmente, por moradores da região. Em Morro de São Paulo, não há base do Corpo de Bombeiros – o município de Cairu é atendido pelo grupamento de Santo Antônio de Jesus. As causas do incêndio estão sendo apuradas pela Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA). Em nota, a Secretaria Especial de Morro de São Paulo, órgão da Prefeitura Municipal de Cairu informou que não houve feridos.

Ônibus tomba e mata cinco no dia das crianças na chapada Diamantina .

Ônibus tombou na região de Piritiba
(Foto: Reprodução/Mídias Sociais)
O ônibus que tombou na BA-421, em trecho que fica no município de Piritiba, localizado na região da Chapada Diamantina, levava crianças para um passeio em parque aquático de Jacobina, no norte da Bahia. O número de mortos no acidente subiu para cinco, segundo informações divulgadas pela prefeitura de Piritiba. Cerca de 30 pessoas ficaram feridas. A viagem, organizada por conta do Dia das Crianças, teve início no município de Itaberaba, também na Chapada, e duraria cerca de 207 quilômetros.
Ônibus levava crianças para um dia de lazer
(Foto: Reprodução/Whatsapp)
O tombamento ocorreu na altura do Km-17, próximo à fazenda Santa Luzia. O ônibus, que transportava cerca de 46 pessoas, pertence à Empresa de Transportes Macaubense (Entram). Um funcionário da empresa disse , por telefone, que o veículo foi fretado para a realização do passeio. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, foram identificados os corpos de Vanessa Diamantino de Almeida, 16 anos, Maria Ruthe Diamantino dos Santos Souza, 48, Margarida Lopes Mascarenhas, 68, e Penélope Pimentel Lopes, 2. Uma vítima do sexo feminino continua com identidade e idades ignoradas.

Foi um sucesso o torneio inicio da primeira copa evangélica de futebol Society em Valença.

Com o objetivo de fortalecer a integração entre as denominações evangélicas de Valença, foi realizado na manha do dia no ultimo dia 12/10, no clube bola cheia, a primeira edição da copa evangélica de futebol society de Valença. O evento contou com as participações de seis equipes composta por atletas representando varias igrejas evangélicas da cidade. Para a comissão organizadora do evento formada por professor Marivan ,Missionário Djalma Nazário ,Ademilton Ferreira , os presbíteros  André paciência e Zé da pista o evento foi um sucesso e com certeza a primeira copa evangélica de futebol society vai trazer pra Valença através da pratica esportiva mais uma ferramenta de evangelismo , integração social e esportiva  com forte tendência de crescimento no números de equipes e jovens evangélicos participantes uma vez que as nossas autoridades governamentais ate o presente momento nunca demonstraram interesse ou realizaram ações de incentivos cultural ,esportivo ou artístico voltado para o seguimento evangélico de Valença . Em meio a uma competição bastante acirrada a final foi entre as equipes da Jaqueira esporte clube X Vitoria em cristo esporte clube, que no tempo normal ficaram no O X O, nas cobranças de pênaltis a equipe da jaqueira sagrou-se campeã com o placar de 3 X2  . O campeão recebeu o troféu vice-prefeito irmão Beto Malheiros, que fez questão de ir pessoalmente prestigiar o evento e abraçar a todos os participantes do evento, e o vice-campeão o  Jessica Brandão , que é a diretora de juventude de Valença e também esteve participando da programação . No final do evento um delicioso churrasco para os atletas.

www.Reporterurgente.com